Sexta, 01 de Julho de 2022
Geral Mercado Popular

PEQUENOS PRODUTORES

“Sinto que sou abelha no seu artesanato. Meus versos tem cheiro de mato, dos bois e dos currais. Eu vivo no terreiro dos sítios e das fazendas primitivas”... Cora Coralina

26/05/2022 às 10h46 Atualizada em 27/05/2022 às 17h26
Por: Redação Fonte: ASCOM CAIO
Compartilhe:
PEQUENOS PRODUTORES

Os pequenos produtores circundam e permeiam Sete Lagoas. São parte da nossa cidade, da nossa gente, das nossas tradições. Mas é sabido por todos que esses trabalhadores sofrem toda sorte de dificuldades, mesmo compondo um setor responsável por 24% do Produto Interno Bruto nacional.

         Na nossa municipalidade, a grande questão é como aproximar a agropecuária familiar do seu consumidor final. O pequeno produtor geralmente recorre a intermediários, o que lhe retira o poder de gestão comercial de sua própria cultura.  Tal circunstância corrói o faturamento daquele que labuta do nascer ao pôr do sol, e desvaloriza os rendimentos do pequeno empreendimento rural. Cria-se uma situação de perpétua desproporção: muito trabalho, pouco retorno.

         Precisamos nos atentar para o fato de que o agronegócio congrega toda uma cadeia produtiva. E do justo escoamento do produto do campo, dependem famílias inteiras: na Estiva, no Distrito Silva Xavier, em Paiol... Ali vivem sete-lagoanos como nós, que trazem à nossa mesa produtos artesanais de qualidade, que merecem ser valorizados, até pela habilidade técnica, paciência e resiliência empregados na confecção do queijo, do biscoito, do tempero, da rapadura...

 

 

 

 

 

 

 

 

Se a fazenda é um negócio, para ser viável, ela deve apresentar resultados positivos. Uma maneira de solucionar os problemas acima apresentados é alocar os pequenos empreendedores, aproximando os elos da cadeia produtiva: o agricultor e o consumidor final. Isso agrega valor ao produto, diversifica as opções de compra, incentiva o empreendedorismo, a sustentabilidade; dá ao homem do campo alento para que continue sua atividade.

 Precisamos nos unir, pensar grande, buscar soluções para esse desafio que vai além do ambiente rural. Através do diálogo, podemos construir o consenso que vai melhorar a vida tanto do consumidor quanto do pequeno produtor.

 

 

 

 

 

 

 

 

Desta forma, convidamos todos a participar da Audiência Pública “Mercados e Shoppings Populares: um diálogo pela inclusão dos camelôs e pequenos produtores”.

Você pode participar da audiência se inscrevendo para contribuir na reunião plenária. Sua presença é essencial. Vamos juntos!!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários